POLITICA DE EMPRÉSTIMOS

POLÍTICA DE EMPRÉSTIMOS

  1. OBJETIVO
    Atender, o maior número de cooperados, funcionários da própria cooperativa e prestadores de serviço em caráter não eventual, em suas diversas necessidades através de empréstimo de Crédito Pessoal e Crédito Consignado, analisando a capacidade de crédito de cada um, avaliando tempo de casa, estabilidade, salário, idade, e garantia, levando em conta os recursos disponíveis da Cooperativa.
     
  2. VALORES DE EMPRÉSTIMOS
    Os limites de crédito consignado a serem apurados aos cooperados para determinar o valor dos empréstimos, serão tomados com base no valor da carta margem fornecidas pelo RH ou Instituto de Previdência dentro dos 30% do salário do servidor.
    Os limites de crédito pessoal a serem apurados aos cooperados, para determinar o valor dos empréstimos, serão tomados com base no salário líquido creditado em conta, na margem de até 30%, em parcelas.
    Para prestadores de serviço, funcionários da cooperativa, o limite de empréstimo consignado ou crédito pessoal, segue as mesmas regras dos cooperados, ou seja, parcelas em até 30%. do salário.
    No caso da opção por crédito pessoal, deverá ser avaliado as garantias como: cotas de capital, aval, alienação, hipoteca etc 

  3. COMPROMETIMENTO
    O cooperado deverá comprometer até 30% do salário.
    Casos existentes anteriormente de Crédito Pessoalpreferencialmente será direcionado para Crédito Consignado no momento da renovação tendo em vista a taxa ser menor.
    A modalidade de Crédito Pessoal está destinada preferencialmente para: Cooperados que ainda não cumpriu a fase probatória, adiantamento de cheque féria, prêmio assiduidade, IPVA, adiantamento de Imposto de renda, adiantamento de décimo terceiro.
    Em caso de renovação de Crédito Pessoal por opção do cooperado, sendo que o mesmo já tenha comprometido 30% nas parcelas em Crédito Consignado, fica o mesmo ciente que é conhecedor da Lei 14.181 de 01/07/2021, que versa sobre o tratamento da Lei do Superendividamento isentando a cooperativa de qualquer ônus.
  1. TAXAS DE JUROS E PRAZOS
    As taxas de juros variam entre 1,20% a 2,50%, dependendo da modalidade.
    Prazo e taxas de cada modalidade consultem a gerência.
     
  2. REFINANCIAMENTOS DE EMPRÉSTIMOS EXISTENTES.
    Para empréstimos contratados até 24 parcelas, refinanciamentos após o pagamento da 6ª. Parcela.
    Para empréstimos contratados entre 25 à 48 parcelas, refinanciamentos após o pagamento da 12ª parcela.
    Para empréstimos contratados entre 49 à 60 parcelas, refinanciamentos após o pagamento de 18ª. Parcela.
    Para empréstimos contratados entre 61 à 72 parcelas, refinanciamentos após o pagamento de 24ª. Parcela.
    Para empréstimos contratados além de 73 parcelas, refinanciamento após o pagamento da 30ª. Parcela.
     
  3. CARÊNCIA PARA PAGAMENTO DE EMPRÉSTIMOS DE IMPOSTO DE RENDA 
    Carência até a liberação do último lote de restituição.

  4. O Cooperado fica ciente que em caso de empréstimos de antecipação de Imposto de Renda, caso não venha a restituição até o último lote, fica a cooperativa autorizada a proceder o débito em sua conta corrente, não tendo a obrigatoriedade de fazer qualquer tipo de empréstimos para absorver o valor debitado na conta.
     
  5. PRESTAMISTA
    O seguro prestamista não é obrigatório, porém por opção do cooperado, poderá ser contratado nos empréstimos de Crédito Pessoal e Crédito Consignado e visa proteger o Patrimônio da Cooperativa, e da família do Cooperado em caso de morte, principalmente em operações de longo prazo, além de ter a taxa diferenciada. . O Uma vez o cooperado tendo contratado o seguro prestamista e venha a liquidar seu empréstimo na totalidade, poderá solicitar da seguradora contratada o ressarcimento do valor pago do prêmio, proporcional das parcelas futuras a vencer, sendo que a seguradora terá até 60 dias para proceder a devolução na conta corrente do cooperado.
     Caso de cooperados não faça a opção do Seguro Prestamista ou não  se enquadre no mesmo, por motivo de: aposentadoria por invalidez, idade, saúde, afastamento, etc, os empréstimos após análise, poderá ser reduzido para até  36 meses além de ter taxas de juros maiores, e a exigência de aval nas operações.
  6. OUTRAS GARANTIAS COMPLEMENTARES
    Dependendo da análise do crédito, poderá ser exigido outras garantias como: integralização capital mensal de até 5% do salário do servidor, reforço de aval, garantias reais etc.
    A Cooperativa apresentará o cálculo do Seguro Prestamista, levando em consideração o valor do financiamento, elevado ao número de parcelas contratada.
    A comprovação da opção ou não do seguro, será verificado através do débito realizado no extrato da conta corrente no dia da liberação do crédito, sendo que a seguradora terá até 45 (quarenta e cinco) dias, para aceitar ou não o seguro contratado.
    Havendo recusa da seguradora após a análise do seguro contratado, o valor do prêmio será devolvido para o cooperado assim que a seguradora retornar o crédito.
    OBS. O Cooperado não se obriga a contratar o seguro prestamista através do convenio da Cooperativa com a seguradora, ficando a sua livre escolha optar por outras seguradoras no mercado a seu critério. 
  1. BAIXA DE JUROS
    Havendo baixa de juros não será concedido desconto no valor da parcela já contratada.
     
  2. OUTROS EMPRÉSTIMOS
    Nas modalidades abaixo relacionadas, poderão ser concedidos novos empréstimos exclusivamente em Crédito Pessoal a curto prazo considerados como benefícios imediato, independente dos Cooperados já terem comprometidos 30% do salário em parcelas na modalidade de crédito pessoal ou no consignado.
    a) - Antecipação de Restituição de Imposto Renda;
    b) - Adiantamento de Cheque férias;
    c) - IPVA: Empréstimo deverá ocorrer no máximo até o final do mês de março de cada ano, podendo financiar no máximo até 2 (dois) IPVA's, (Carro ou Moto), com prazo máximo de 6 parcelas.
    d) - Adiantamento de 13º Salário;
    e) - Prêmio Assiduidade.
     
  3. VARIAÇÃO DE TAXAS
    As taxas poderão sofrer alterações a qualquer momento, de acordo com o mercado financeiro, o qual será conhecimento dos cooperados nas gerências e no mural da Cooperativa.
     
  4. COBRANÇA
    - Débito em conta corrente automaticamente, no dia do pagamento do servidor na modalidade de Crédito Pessoal.
    - No caso de Crédito Consignado, o desconto ocorrerá diretamente no Holerite através do RH da Prefeitura, ou pelo Instituto de Previdência no caso de aposentado/pensionista.
    - Nos empréstimos consignado/crédito pessoal para funcionários da própria cooperativa e prestadores de serviço em caráter não eventual o débito da parcela ocorrerá, até a  data do pagamento do servidor ativo.
     
  5. LIQUIDAÇÃO DE EMPRÉSTIMO ANTECIPADA
    A) - DESCAPITALIZAÇÃO DOS JUROS: Os empréstimos que forem liquidados antes do seu vencimento final por quitação total ou refinanciamento, serão aplicados um percentual de descapitalização dos juros das parcelas a vencer até a data do pagamento.
    B) - O cooperado poderá a qualquer momento, quitar parcela (s), a vencer em aberto, beneficiando da descapitalização de juros.
    D) - Quitação parcial com desconto, não serão consideradas para contagem de parcelas pagas, para usufruir de um novo refinanciamento mencionadas no item 4.
    E) - Casos divergentes desta Política de Empréstimo, serão por decisão, e autorização da Diretoria Executiva sendo registrado em ata mensal.

 

São João da Boa Vista, SP  03 de janeiro de 2022.

DIRETORIA EXECUTIVA

 
CREDIVISTA
R. Senador Saraiva, 59 Centro  |  CEP- 13.870-020 - São João da Boa Vista - SP
Horário de Atendimento Presencial: das 10hs às 15hs
Horário de Atendimento Telefônico: das 09hs às 16hs
Fone / Fax: (19) 3634-6262
credivista@credivista.com.br